sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Como escolher o melhor xampu para o seu cabelo


O xampu é um produto essencial na hora da limpeza do cabelo e por isso é preciso saber escolher um que se encaixe na sua rotina e seja ideal para o seu tipo de cabelo. Ele pode ser responsável pelo ressecamento das madeixas ou oleosidade excessiva do couro cabeludo, se não for adequado. Esse post é pra ajudar você a escolher o melhor produto pro seu cabelito!

A limpeza do couro cabeludo é mais que necessária para manter os fios saudáveis. Os tipos de xampu são: transparentes, perolados, leitosos e anti-resíduos. Vou te explicar a diferença e a serventia de cada um deles. A primeira diferença, que pode ser notada na imagem abaixo e já fica clara pelo nome, é a textura dos produtos.


Transparentes ou translúcidos: são produtos que tem um alto potencial de limpeza, como os xampus de bebê, por exemplo. Tendem a dar uma leve ressecada nos fios por conta disso (no geral, já usei xampus transparentes que não ressecam, como é o caso do xampu liberado da linha Tô de Cacho, da Salon Line).
O melhor é que seja usado intercalado com um xampu mais hidratante (leitoso), principalmente se o seu cabelo já é seco ou tem tendência ao ressecamento. É ótimo para uma limpeza mais profunda e também para fazer esfoliação no couro cabeludo.

Perolados: eles ficam no meio termo, entre o transparente e o leitoso. Têm uma limpeza mais suave e por isso pode ser usado no dia a dia sem tantos danos as madeixas. É bom lembrar que é importante usar um xampu com maior poder de higienização de vez em quando.
Normalmente, eles possuem mais agentes condicionantes na fórmula do que os transparentes. É uma ótima opção para quem tem cabelos ressecados ou secos.

Leitosos: normalmente são usados para tratamentos específicos e tem baixo potencial de limpeza. O xampu anti-caspa ou para combate a outras doenças do couro cabeludo possuem essa textura. Produtos higienizantes para cabelos tingidos ou muito secos também podem ser perolados, já que são menos agressivos ao fio e fazem com que a tintura dure mais tempo do que com os outros xampus.

Anti-resíduos: de todos os tipos citados, esse é o com maior potencial de limpeza e por isso não deve ser usado mais de uma vez no mês. Os xampus anti-resíduos tem muito surfactantes e abrem demais as cutículas do cabelo, então não é indicado para quem usa químicas de transformação, como a progressiva, ou tinturas, pois são retirados mais rapidamente dos fios. O único xampu anti-resíduos liberado para xampu leve que eu conheço é o da Phytoervas, justamente porque esse tipo de produto tem muitos sulfatos fortes.

Lembrando que é sempre bom evitar produtos que contenham sulfatos fortes (já expliquei o motivo nesse post aqui). Espero que essas dicas ajudem vocês a escolher o tipo que mais se enquadra na sua rotina de cuidados. Sugestões e dúvidas nos comentários. Beijos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário