quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Diário capilar da Mari - parte I

Oi gente, tudo bem? Essa semana eu fui com a minha amiga Mari Almeida comprar uns produtinhos pra ela iniciar a rotina sem xampu. Mari costumava lavar os cachos com xampu com sulfatos e eu pretendo trazer aqui no blog como a evolução das madeixas dela com o novo tratamento. Vem comigo?



Como vocês podem ver aí nas fotos, o cabelo da Mari tá bem maltratado, com muito frizz e pouca definição. O cacho dela é um 2C/3A, então se desfaz com certa facilidade. Como uma das necessidades dela era gastar pouco dinheiro (porque, né?) nós fizemos um kit com os seguintes itens:

- Co-wash Yamá, 320ml: R$ 11,90
- Creme multifuncional Multy, da Salon Line, 300ml: R$ 7,50
- Gelatina Vai ter Volume Sim, da linha Tô de Cacho, da Salon Line, 500ml: R$ 15,50
- Creme de pentear Cachos dos Sonhos, da linha Tô de Cacho, Salon Line, 500ml: R$ 18
- Creme multifuncional Yamasterol Babosa, da Yamá, 900ml (ela já tinha, mas vou pôr aqui o preço médio): R$ 18
Preço total do kit: R$ 70,90
Pois bem, segue o depoimento de Mari sobre suas madeixas:

BC de Mari
 "Eu nunca cuidei muito do meu cabelo. Quando eu era criança, simplesmente não gostava de gastar tempo olhando para o cabelo, quando eu podia estar brincando. Ele vivia preso. Na adolescência, odiava ser a única cacheada no meio de uma família de lisos, e me recusava a olhar pra juba. Ele vivia preso. Quando passei pelo alisamento químico, achei que só a escova definitiva era o bastante e me contentava em lavar com shampoo e declarar os cuidados como encerrados. Foi só depois que eu fiz meu big chop  que eu passei a ligar mais para o que estava rolando na minha cabeça.

Muita coisa influenciou para que isso acontecesse. O empoderamento das cacheadas e das crespas com certeza foi decisivo. Uma própria transformação pessoal no meu físico também fez com que eu pensasse cada vez mais em me soltar e mudar a maneira com que eu tratava meus cachos. E hoje é meu dia D. Convencida por Amanda a mergulhar e me empoderar também, largo hoje a ditadura do sulfato e da parafina. A partir de hoje começo minha jornada no co-wash, sem nem saber direito o que isso significa e o que vai acontecer com o meu cabelo. E o primeiro mês dessa transformação vocês vão acompanhar por aqui, pelo Nós de Fada de uma coisa eu tenho certeza: meu cabelo vai ser mais livre que nunca. E eu também."

Primeiras impressões:



Domingo, 7 de agosto: "Depois de dois dias de co-wash, to na fase de desconfiança. Eu realmente não sei se eu to fazendo certo, mas eu to com a impressão de que meu cabelo tá sujo. Eu sinto falta da espuma do shampoo! :( Mas não to achando ele tão ressecado quanto eu esperava. Ponto positivo: Chamaram meu cabelo de cheiroso hoje. Fiquei bem feliz!"

Quarta-feira, 10 de agosto: "Meu cabelo pegou cacho da raiz! Nunca tinha conseguido isso antes, o que aumenta o meu sonho de ter um cabelo volumoso!"


A intenção desse diário é ajudar a sanar as dúvidas de quem tá começando essa rotina agora ou pensa em começar mas ainda tá com um pé atrás. Cada cabelo é diferente e o que funciona pra um pode não funcionar em outro, por isso também estou ansiosa pra saber como os cachinhos de Mari vão reagir à nova rotina.

Continuem acompanhando! Se quiserem, podem mandar perguntas e eu responderei com o maior prazer. Não esqueçam de deixar comentários <3 Beijinhos!

2 comentários:

  1. Neste caso, Ela não lava o cabelo com shampoo? Lava com oq?
    Como faço para passar por isso se tenho um cabelo um tanto olioso.

    ResponderExcluir
  2. Ela lava o cabelo com co-wash, Alicy, que é um substituto menos agressivo do xampu. Provavelmente o xampu que você usa possui detergentes que retiram totalmente a oleosidade do seu cabelo, fazendo com que o couro cabeludo a produza em excesso. O co-wash não tira toda essa oleosidade, então pode ser que o seu cabelo fique até menos oleoso se você começar a lavar com ele. Pra você entender melhor esse processo, dá uma olhada nesse post: http://www.nosdefada.com/2016/07/lavar-o-cabelo-com-condicionador-oi.html

    Qualquer dúvida é só falar. Beijos!

    ResponderExcluir